Flineve começa terça (12) em Urubici e tem tudo para ser o grande festival da literatura em Santa Catarina

Publicado em 12/07/2016 às 17:18

Urubici tem opções de passeios na natureza e tem tudo para ser referência cultural
Créditos: Diorgenes Pandini / Agencia RBS Baixar Imagem

A 915 metros acima do nível do mar, Urubici é uma das cidades mais exuberantes de Santa Catarina: trilhas, cachoeiras, neve no inverno, pinhão, a serra do Rio do Rastro bem pertinho, formações rochosas naturais desconcertantes. Se já é rota de turistas, motoqueiros e ciclistas, amantes de vinhos e do frio, por que não ser também destino de aficionados por literatura? É a aposta da Flineve, Festival Literário da Neve Catarinense, que começa nesta terça (12) e segue até o dia 17 com lançamentos, papo com autores e programação musical e de dança.

Santa Catarina já estava em dívida com um festival desse estilo há algum tempo. O poeta Alcides Buss, que tem bastante experiência em organização de eventos literários, lembra que se tentou realizar festivais em Laguna, cidade histórica e que, quem sabe, poderia se inspirar na Flip, a famosa e cobiçada Festa Literária de Parati.

Mas por que não Urubici, cidade que já é tão querida pelos catarinenses? Tem todos os ingredientes para ser a Flip de Santa Catarina.

— Mas não quero que seja como um ET para Urubici, como é a Flip em Parati. Lá a cidade pouco se envolve. Aqui quero que as pessoas participem. Além, claro, de trazer o turista e os leitores da Serra — diz Salma Ferraz, idealizadora da Flineve.

Contista, apaixonada por literatura e pela Serra catarinense, ela começou a pensar na ideia de um festival na região há alguns anos. Chegou a aprovar um projeto na Lei Rouanet, mas não conseguiu captar recursos. Até que foi contemplada com o Prêmio Catarinense de Literatura - Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura. Mais do que isso, conseguiu engajar moradores de Urubici:

— A cidade está sendo extremamente gentil e muitas pessoas têm ajudado, desde as cortesias para almoço e jantar dos autores convidados. É uma excelente oportunidade de aliar turismo e cultura — comemora.

E se a missão é transformar o município e os vizinhos numa região de leitores, o foco deve ser, segundo Alcides Buss, nas crianças.

— Acho que a estratégia para dar certo é envolver o público local e a rede escolar. Professores e alunos para formar público. Urubici nem é longe. Fica perto de Lages, São Joaquim. É bonito para passear — comenta o autor, que participa de um papo sobre poesia na quinta.

Marcelino Freire ministra palestra nesta terça (12)Foto: Diogo Zanatta / Especial

PROGRAMAÇÃO COM MÚSICA, DANÇA E LIVROS

Flineve será um grande festival cultural, com programação de música e dança além de lançamentos, conversas com autores e feira de livros. 

A abertura hoje é exemplar, com dois encontros pela manhã que valem muito a participação: o primeiro será com o escritor catarinense Carlos Henrique Schroeder, colunista do DC que vai falar de As Fantasias Eletivas, livro de sua autoria listado como obrigatório para os vestibulares da UFSC e Acafe.

Na sequência, Gelson Bini propõe um guia de leitura do rock. Na palestra, o contador de histórias evidencia as convergências entre a literatura e a música com obras de autores brasileiros e estrangeiros, além de vídeos de bandas do rock psicodélico ao pós-punk inglês.

Finalista do Prêmio Jabuti em 2015, o catarinense Maicon Tenfen participa da palestra Quissama: Capoeira, Escravidão e Literatura, à tarde. A noite termina com a presença do pernambucano radicado em São Paulo Marcelino Freire e a palestraNarrativas da Periferia.

PROGRAMAÇÃO 

|| TERÇA (12)
9h -
 Abertura oficial da Flineve, no Sesc Urubici
9h15min - Início das atividades dos estandes da Feira de Livros, no salão da Igreja Santa Catarina (Bairro Esquina)
9h30min - Livros do Vestibular 2016/2017, com Carlos Henrique Schroeder (SC)
10h15min e 14h- Guia de Leitura: Rock, com Gelson Bini (SC)
15h - Quissama: capoeira, escravidão e literatura, com Maicon Tenfen (SC)
19h30min - Narrativas da periferia, com Marcelino Freire (SP). Na Sala de Experiências do Sesc

|| QUARTA (13)
9h -
 Abertura nos estandes da Feira de Livros
10h e 14h - Guia de Leitura: histórias para encantar, com Gelson Bini (SC)
15h30min - O universo de Harry Potter, com Renie Santos (SC)
19h30min - De autoria e tradução: processo de escrita, com Marie-Hèlene Torres (Sala de Experiências do Sesc)

|| QUINTA (14)

9h - Abertura dos estandes na Feira de Livros
9h10min - O que é a poesia?, com Alcides Buss (SC)
10h, 14h e 15h30min - Guia de Leitura: histórias para encantar, com Gelson Bini (SC)
19h30min - Show com Rodrigo Garcia Lopes (Sala de Experiências do Sesc)

O poeta Alcides BussFoto: Diorgenes Pandini / Agencia RBS

|| SEXTA (15)

9h - Abertura dos estandes na Feira de Livros
9h15min, 10h45min e 14h - Guia de Leitura: histórias para encantar, com Gelson Bini (SC)
15h - A família de um escritor-mirim, com Antonio Alselmo Emediato (SP)
19h30min - Na Catraca, show de humor com André Silveira, de Florianópolis (Sala de Experiências do Sesc)

|| SÁBADO (16)
9h - Abertura dos estandes na Feira de Livros
9h30min - Sessão de autógrafos e lançamentos com autores cadastrados
9h30min às 12h e 14h30min às 17h - Oficina Tango-palavra, com Carlos Peruzzo (Espaço Bem Estar do Sesc)
15h - Faca de dois gumes: editar livros no Brasil, com Luiz Fernando Emediato (SP)
17h30min - Espetáculo Flamenco e Poesia, com Marylin MafraKlamt e Valdemir Klamt (Espaço Bem Estar do Sesc)
18h30min - Lançamento do livro O busão de Floripeia, de Salma Ferraz
20h - Uma boca divina fala em mim: monólogo sobre a vida e a obra de Florbela Espanca, com Roseli Broering dos Santos (Sala de Experiências do Sesc)

|| DOMINGO (17)

10h - Abertura dos estandes na Feira de Livros
10h30min - Espetáculo Assombros e outros encontros, com Grupo Matakiterani
15h30min - Espetáculo Daqui e de lá, com Grupo Matakiterani
16h30min - Sessão de autógrafos e lançamentos com autores cadastrados
18h - Encerramento oficial da Flineve

AGENDE-SE
O quê
: Flineve
Quando: 12 a 17 de julho. Feira de livros aberta das 9h às 19h
Onde: Salão da Igreja Santa Catarina (bairro Esquina, Urubici). As atividades agendadas depois das 19h30min, além de oficina de tango, ocorrem no Sesc de Urubici (Av. Adolfo Konder, 2.543, Urubici)
Quanto: gratuito

 

Informações DC


publish