Compartilhar share

Reunião da Rede de Urgência e Emergência esclarece situação sobre lotação da UPA e hospitais da região

Publicado em 23/06/2022 às 10:15 - Atualizado em 23/06/2022 às 10:15


Créditos: Natasha Monteiro Baixar Imagem

Ocorreu na tarde dessa quarta-feira, (22 de junho), uma reunião emergencial da Rede de Urgência e Emergência da Serra Catarinense, no auditório da Secretaria de Saúde de Lages. O assunto foi o entendimento e esclarecimento sobre a situação de alta demanda de internamentos da UPA 24h de Lages, emergência do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres e a lotação dos leitos do município.

No encontro participaram o secretário Municipal de Saúde, Claiton Camargo e demais membros da Secretaria de Saúde, representantes do Ministério Público, Superintendência de Regulação e Superintendência de Urgência e Emergência do Estado, o promotor Fernando Wiggers, da 14ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages, além do presidente da Câmara de Vereadores de Lages, Jean Felipe de Souza e a vereadora Elaine de Moraes, presidente da Comissão de Educação, Saúde, Cultura e Desporto (CESCD). Também estavam presentes via Google Meet, representantes dos hospitais da região.

Durante o encontro, foi levantado em conjunto com a Central de Regulação Regional, que os hospitais de outros municípios da Amures, como é o caso do Hospital Santa Clara de Otacílio Costa e o Hospital de Caridade Coração de Jesus, de São Joaquim, possuem leitos disponíveis para auxiliar no atendimento a UPA de Lages.

Segundo Claiton, esses leitos que estão sendo ofertados precisam ser utilizados. “Enquanto a UPA está lotada e não há leitos disponíveis no município de Lages, há leitos nos hospitais da região, validamos isso junto com os presentes na reunião pelo sistema. Precisamos utilizar esses leitos, pois o SUS é um sistema em rede. Não é justo terem pessoas aguardando na UPA de Lages e ter esses quase 200 leitos vazios para atender a população”, disse.

Número de leitos disponíveis na tarde dessa quarta-feira, dia 22:

Hospital Nossa Senhora dos Prazeres: nenhum leito;

Hospital Tereza Ramos: 5 leitos para influenza e 5 leitos Covid;

Hospital Seara do Bem: 4 leitos;

Hospital Santa Clara, de Otacílio Costa: 21 leitos;

Hospital de Caridade Coração de Jesus, de São Joaquim: 55 leitos;

Hospital Faustino Riscarolli, de Correia Pinto: 4 leitos;

Hospital Nossa Senhora das Graças, de Bom Retiro: 27 leitos;

Hospital São José, de Urubici: 29 leitos;

Hospital Frei Rogério, de Anita Garibaldi: 27 leitos;

Hospital Nossa Senhora do Patrocínio, de Campo Belo: 19 leitos.

 

Por Natasha Monteiro